Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

O FC Porto realizou esta noite a sua apresentação aos sócios e adeptos. A festa começou às 20 horas com a atenção centrada na apresentação dos jogadores.
Um pouco mais tarde, perto das 21h15, finalmente, o jogo frente ao Mónaco. Num jogo que fazia lembrar a final da Liga dos Campeões 2004, onde o FC Porto venceu os franceses por 3-0, resultado que se repetiria hoje.

Na primeira parte os Tetra Campeões nacionais actuaram com o novo equipamento principal, com três riscas e uma gola azul. Já na segunda, quando já venciam por 2-0, entraram no relvado vestidos de laranja.

Belluschi, desta vez não marcou, mas atirou um 'tiro' ao post da baliza, num lance que fez lembrar o golo de Lucho Gonzalez frente ao Hamburgo em 2006, para a Liga dos Campeões. O argentino mostra assim que está cá para ajudar, ele que na passada quarta-feira, no jogo frente ao Leixões, até marcou um golo, fruto do belo entendimento com Hulk.

O primeiro golo do encontro surgiu aos 30' minutos, com o defesa Haruna, do Mónaco, a marcar na própria baliza, num lance em que se não fosse o jogador do clube francês, estava lá Varela.
Já o segundo golo, voltou a ter a presença de Varela, que fez um excelente cruzamento para Mariano Gonzalez finalizar e colocar os Dragões a vencerem por 2 golos sem resposta.

Já o terceiro e último golo foi apontado por Guarín, de livre directo. Hulk simulou o remate e o colombiano concluiu, com a bola a ressaltar no relvado e a enganar o guarda-redes do Mónaco.

Os Dragões fazem assim mais um bom jogo, e em dois jogos somam já 6 golos marcados contra apenas 1 sofrido. Hulk voltou a ser um jogador em destaque, mas ainda não conseguiu marcar.

Em breve poderá ver as fotos do jogo e da festa na nossa Galeria de Fotos.

4 comentários:

dragao vila pouca disse...

A festa de apresentação foi bonita, com muito público, muito entusiasmo e com o momento alto, a ser a homenagem a Pedro Emanuel.
O F.C.Porto é um clube reconhecido, a quem o serve com dedicação, paixão e profissionalismo. Não precisa de ser portista desde pequenino, nem andar sempre a beijar o emblema. Foi o que aconteceu com o ex-capitão Pedro Emanuel.

Do jogo e até ao minuto anterior ao 3-0 por Guarín, altura em que saí do Dragão, gostei.
Não estamos, nem podiamos estar, no ponto, mas estamos e isso deu para ver e notar, no bom caminho. Como já referi anteriormente, não dou demasiada importância a estes jogos, nem valorizo muito os resultados. A Peace Cup, a disputar a partir do dia 27 deste mês na Andaluzia, frente a adversários com maior grau de dificuldade - Lyon e Besiktas -, ajudará a mostrar lacunas, carências, que permitirão limar arestas e corrigir, para melhorar, com o objectivo de quando for a sério, em que os pontos e os troféus, estiverem em disputa, possamos estar à altura das nossas responsabilidades.

Um abraço

AZUL DRAGÃO disse...

E já damos a entender que vamos no bom caminho !


Abraço

Vitor Daniel disse...

Estamos no caminho certo mais algumas semanas de trabalho e teremos um F.C.Porto á campeão.

Um abraço, http://varanda-do-dragao.blogs.sapo.pt

Tiago Araújo disse...

Maravilhosa a apresentação dos nossos jogadores!
Grande imagem gaspar com o resultado, sim senhora!