Isto é o Porto!!

Fui para este jogo, que aproveito para dizer vi na filial nº48 do Futebol Clube do Porto (Futebol Clube de Bias em Bias, Algarve), com uma ligeira preocupação. É certo que as vitórias ou derrotas da pré-época não contam para muito, mas ficam-nos sempre na consciência. Ainda para mais, o Benfica tinha uma equipa que há mais tempo se encontrava a treinar junta e nós.. nós jogámos sem Bruno Alves, que recentemente se transferiu para o Zenit; sem Fucile, sem Mariano e sem Ruben Micael, os três lesionados e ainda sem James e Walter, ambos devido a problemas burocráticos, mas os dois últimos ainda não estavam enquadrados na equipa na época passada portanto.. podemos dizer que são baixas 'menos' importantes.
Entrámos, na minha opinião, surpreendentemente bem para o primeiro jogo oficial da época e desde cedo nos colocámos na liderança. Rolando fez o golo através da conversão de um pontapé de canto. Um início, portanto, à Porto. A fazer lembrar os últimos títulos que vencemos, os quatro campeonatos seguidos.
Dominámos completamente os primeiros 25 minutos, sem dar uma única oportunidade ao clube da segunda circular de Lisboa que, se não estou em erro, fez o seu primeiro remate aos 20 e poucos minutos, atráves de um pontapé de Carlos Martins que Helton defendeu. Na segunda parte esperava-se um início mais forte do Benfica mas mais uma vez entrámos bem e continuámos a dominar o encontro. Aos 67' minutos Falcao remata e milhares de adeptos, milhoes até(?), saltam com o golo do colombiano que trouxe outra segurança à nossa equipa.
O Benfica foi começando a criar mais oportunidades de golo mas penso que dominámos o jogo por completo, lembrando-me de imensos remates quer de Varela, quer de Hulk, Rodríguez, etc etc.
Assim vencemos a nossa 17ª(!) Supertaça Cândido de Oliveira, aumentando a vantagem para o Benfica, que conta com apenas 4 nos seus palmarés. Para a semana começa já a liga e uma entrada a vencer seria bom, para não tentarmos repetir a época passada, onde entrámos a empatar na Mata Real frente ao Paços de Ferreira.

Já no que diz respeito à Liga Europa, ditou o sorteio que defrontaremos o belgas do KRC Genk, jogando o primeiro jogo na Bélgica, a 19 de Agosto, e o segundo e último no Dragão, dia 26 do mesmo mês.
Os 37 vencedores do play-off juntar-se-ão dia 27 de Agosto aos 10 clubes que perderam na mesma fase da UEFA Champions League, e ao campeão Atlético de Madrid para o sorteio da fase de grupos, a realizar-se no Mónaco.


"E foi por isso mesmo que escolhi o FC Porto, pelos títulos, dando um novo rumo à minha carreira." João Moutinho após conquistar o seu primeiro, de muitos, esperemos nós, troféu ao serviço do Futebol Clube do Porto.

6 comentários:

[M]iguel [E]duardo disse...

Yeahh !

GRande 'partidão' de futebol.

Duvidei e mt de villas Boas.... mas até qe nao foi mau...

estudou e mt bem o adversário...

os centrais cumpriram bem, apesar do nervosismo de maicon, coisa natural pois estava com o papel de alves, mas cumpriu bem...

o meio campo a defender mt bem...

o Belluschi a defender, coisa rara que viamos dantes...

Mt bom :D

apesar das expulsoes perdoadas ao SLB!!!

Cardozo.
Martins.
César.
David Luiz.

R.M.Silva da Costa disse...

E Aimar, acrescentaria eu Miguel Eduardo.

Gaspar Lança disse...

Sim, claramente Aimar também deveria ser expulso; tanto que quando este recebeu o cartão amarelo e fez nova falta - que seria para cartão - e Aimar não viu a cartolina, Jorge Jesus substituiu-o.

Obrigado a ambos pelo comentário.

Dragaopentacampeao disse...

Um belo desempenho de uma equipa fustigada por algumas críticas e desconfianças, em função das fracas prestações da pré-época,que efectivamente provocaram algum desconforto em sectores de adeptos portistas e não só.

O FC Porto, com a atitude, a raça, a solidariedade e a ambição apresentada no relvado do Municipal de Aveiro, banalizou a publicitada força benfiquista, transformando-a numa equipa de papoilas saltitantes.

Sem necessitar de ser arrasador a equipa azul e branca dominou, controlou e marcou, perante um árbitro condescendente até dizer chega, poupando pelo menos três expulsões aos desnorteados jogadores (???) lampiónicos.

Foi um teste muito prometedor que AVB terá de fazer reverter no sentido de fortalecer a confiança e a ambição de todo o plantel para enfrentar todas as dificuldades que nos vão ser colocadas em todas as outras competições.

Não vai ser fácil tendo em conta que, como de costume, lutaremos contra tudo e contra todos, como foi visível neste jogo.

Um abraço

Nuno Araújo disse...

VIVA O FCP!

Esta arbitragem é para esquecer!!!!
E a agressão ao Alvaro Pereira pela parte do árbitro?!

P. Ungaro disse...

As palavras do Deco são musica para os meus ouvidos.
O "nosso" numero 10 !!

um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/