Campeões jogam pelo sucesso em Dublin

Tanta coisa que deixei passar. Desde o campeonato nacional ao (segundo) jogo épico em Lisboa para a taça de Portugal, ou mesmo à goleada ao Villarreal e consequente apuramento para a final da Liga Europa.

          As palavras de AVB são as perfeitas para descrever o momento do Braga e contra-argumentar aqueles que, eu incluído, consideram o Futebol Clube do Porto favorito ao título: "o Braga eliminou todas equipas favoritas que encontrou pela frente até agora".
          O sentimento nostálgico dos dia em que conquistámos a Taça UEFA em Sevilla, 2003, ou a Liga dos Campeões em Gelsenkirchen, em 2004, pode amanhã desaparecer: tudo depende de noventa minutos (serão mais? Esperemos que não sejam necessários); e que noventa minutos! Hora e meia debaixo da intensidade de Dublin, numa Dublin Arena que estará, maioritariamente, repleta de adeptos lusitanos.
          Este é o renascimento a nível europeu do nosso clube, que colide com um enorme crescimento da formação bracarense não só a nível nacional mas também europeu.
          Será daqueles jogos impróprios para cardíacos, mas será também um daqueles jogos que os mesmos cardíacos não quererão, com toda a certeza, perder, dada a magia que se espera dentro das quatro linhas. Recordo que o FC Porto vs SC Braga disputado no início do campeonato, no Estádio do Dragão, (3-2), foi um dos jogos mais intensos e espectaculares da época nacional, pelo que o jogo de amanhã tem reunidos todos os factores necessários para... o futebol espectáculo.
          Tenho memórias do jogo frente ao Mónaco, em 2004, mas não tantas como gostaria e ficaria satisfeito se amanhã pudesse colmatar esta espécie de lacuna.
               Não será, repito, nada fácil, mas à hora do jogo lá estarei sentado no sofá confiante na vitória. O golo esse, pode surgir de qualquer um (como dizia Falcao "nem que ganhemos com um golo do guarda-redes), desde que apareça e não tenha inimigos.

Força Campeões!

2 comentários:

r.m.silva da costa disse...

Que seja uma festa exemplar e que o Futebol Clube do Porto obtenha um triunfo claro e justo.

Dragus Invictus disse...

Boa noite,

Amanhã os jogadores, equipa técnica e restante staff/direcção, podem ficar na história do clube, conquistando este ambicionado troféu da Liga Europa.

Eu estou convicto que assim será. Somos favoritos e se estivermos ao nível que estivemos quando defrontamos CSKA de Moscovo, Sevilha e Villarreal, venceremos com maior ou menor dificuldade o troféu.

O meu único receio é o Braga marcar primeiro. Não sou um apreciador do futebol praticado pelo Braga. É um futebol à "Jesualdo", muito construído de trás para frente, e a tentar sair para o ataque maioritariamente em transições rápidas. O Braga apanhando-se a vencer, tem uma organização defensiva muito boa, e uma capacidade de sofrimento tremenda. Basta recordar a forma como eliminaram Liverpool, Dínamo de Kiev e Benfica.

Espera-se uma grande festa no estádio, e que os adeptos se respeitem. Penso que o grande problema de segurança desta final, vai ser o facto de alguns adeptos do Benfica irem ao estádio ver o jogo ... e apoiar o Braga, como ontem vi na TV testemunhos.
Muitos destes benfiquistas nunca foram a uma final, e vão aparecer, para se inteirar do sentimento de lá estar.

Que amanhã se faça história, e que o nosso Porto traga o caneco.

Abraço e boa noite

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com/