Vem aí o Barcelona, aquela equipa que joga em....

Como todos sabem - é impossível não saberem - defrontamos o Barcelona já na próxima sexta-feira, em busca da nossa segunda supertaça europeia.

E para ficarmos a conhecer um pouco melhor o temível Barcelona o melhor é olharmos para a sua táctica. A equipa catalã joga num 4-4-........., esperem... Não há 4-3-3, não há 4-4-2, não há 3-4-3. São dez polivalentes em campo (e eu digo dez porque nunca vi o Valdés fora da baliza, mas vindo do Barça já acredito em tudo...) e como tal é impossível saber onde estão. Ora o Xavi aparece à esquerda, ora está mais recuado, ou mais avançado, e consequente o Messi está mais no meio, a apoiar o Villa, ou do lado esquerdo ou do direito. Parecem sim umas autênticas pulgas, usufruindo da alcunha do jovem argentino, e é talvez por isso que este Barça é tão difícil de derrotar. 

Desde a capacidade de passe (são mais de trinta ou quarenta na mesma jogada...) à movimentação irrequieta e imprevisível, o Barcelona é uma equipa anormal e a única maneira de o contrariar será a exercer uma pressão alta - como fez, e inicialmente muito bem, o Real Madrid no início da supertaça espanhola. Tem os seus riscos, é verdade, mas deixá-los ficar com a bola é ainda mais perigoso.

3 comentários:

r.m.silva da costa disse...

Todos nós alimentámos grande expectativa em relação ao jogo a disputar no Mónaco, entre o FC Porto e o FC Barcelona. Os espanhóis recolhem a opinião generalizada de que constituem a melhor equipa mundial do momento, e eu sou um deles. Tarefa ciclópica aguarda, pois, o vencedor da Liga Europa, cujo comportamento suscita alguma apreensão atendendo à perturbação causada pela indefinição do plantel, podendo condicionar o desempenho da equipa.

Tenho consciência das dificuldades que o FC Porto terá de ultrapassar para vencer, mas, independentemente do resultado final (que muitas vezes é aleatório)confio que a equipa vai ter um comportamento à altura do seu prestígio e será um digno representante de Portugal.

Armando Pinto disse...

Parecerá quase impossível, ou pelo menos muito difícil, tal o poderio do Barcelona. Mas... Eu tenho uma secreta esperança que… vamos ganhar. Não se ganhou ao super-Bayern em 1987 e ao Ajax em 1988, na neve de Tóquio… e no charco de Coimbra?! Não temos conseguido aguentar com todo o sistema lisboeta a tentar derrota-nos, o povo mouro aziado todo contra nós, por azia e despeito, invejoso, conseguindo o F. C. Porto ser superior? Já dizia Pedro Homem de Melo, no Aleluia ao F. C. Porto, que «Ninguém fale em perder! Ninguém recua… E a mocidade Invicta a cada abraço/ A si mais nos estreita. A Pátria é sua./ E, de hora a hora cresce o Baluarte!»

P. Ungaro disse...

Boas,

apesar de não ser um grupo facil temos todas as possibilidades de passar, no entanto temos que ser serios e determinados nos jogos quer na russia quer na ucrania, sem descurar que temos um jogo em chipre. Por isso espero mais uma vez estarmos nos 8os ... e ja agora com vitorias em todos os jogos.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/