Até já Europa!

Não era impossível, mas sim muito impossível, e apesar do golo repentino da equipa da casa não nos deixámos levar e fizemos de todos os possíveis para dar a volta à eliminatória.

Se na primeira eliminatória o resultado já havia - na minha opinião, como é aliás todo o conteúdo aqui publicado - sido injusto, neste jogo os números foram ainda mais desviados do que os noventa minutos realmente transmitiram. 

A equipa de arbitragem voltou a mostrar-se incrivelmente tendenciosa (o que, acho, é absolutamente fascinante, dado não serem os mesmos seis juízes que entraram em campo no Estádio do Dragão) e a influência voltou a ser grande. O segundo golo do City (aquele que matou a eliminatória) começa numa agressão (discreta, mas agressão) de David Silva a Hulk, pelo que tudo o que se passou daí para a frente não devia existir.

O jogo está jogado e o resultado estabelecido, pelo que só nos resta concentrarmo-nos no campeonato (isto não quer dízer, caro Vítor, que não tenhamos também de vencer a Taça da Liga - a ver se conseguimos, ao menos isso, ganhar algo de novo nesta temporada) e erguer mais um título no final do ano.

À Europa, essa, voltaremos na próxima época, e à Champions League (nem pensar em não o conseguir), pelo que é apenas um até já - ainda que bastante doloroso.

Para terminar (e porque me controlei ao longo de todo o post) gostaria de deixar anotada, mais uma vez, a minha opinião em relação ao Maicon e a Vítor Pereira: péssimos. Um porque é lento, pouco agressivo quando o tem de ser, e sem talento algum, e o outro porque é péssimo a fazer o que lhe compete, isto é, escolher a equipa. Maicon a titular quando há Sapunaru no banco?!?! Nem pensar. 

Somos Porto! 

6 comentários:

P. Ungaro disse...

Boas VP,

seria expectável a passagem do MC ... no entanto e mais uma vez o Otamendi com os seus passes deu o ouro ao bandido ... sinceramente não entendo ... eu vejo os jogos todos os fins de semana e se há coisa que é gritante são os passes do otamenti ... e os lançamentos laterais, já para não falar das bolas paradas.
Do que vi do jogo gostei do Porto ... em cima dos bifes a jogar a bola ... e assim podemos limpar os mouros ... quanto ao resultado vale o que vale ... depois de termos perdido aqui ja sabiamos que era complicado.
Agora ha que reunir as tropas, ganhar ao feirense e limpar os mouros.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com

Ps - relativamente ao arbitro ja era de prever ...

Artigosonline/ana disse...

Boas...
Estou triste, estou com raiva dos ingleses, estou revoltada com a falta de eficácia portista e com a muita eficácia do Manchester City. Eu já sabia que
as coisas iam ser demasiado complicadas, aliais, antes do jogo, em comentários na blogoesfera, disse o seguinte: «vai ser um jogo difícil, o FC Porto tem
uma tarefa praticamente impossível. Isto é o que me diz a razão. Mas por outro lado o coração diz-me que nunca devemos desistir sem antes lutar. Por isso,
acreditando sem acreditar, vou apoiar e no final logo se vê quem vence: o coração ou a razão.« Infelizmente venceu a razão, mas será que o coração estava
assim tão errado? Afinal de contas o FC Porto não desistiu sem lutar, lutou e lutou muito, o FC Porto foi porto, apenas faltou o mais importante de tudo,
os golos, faltou a eficácia. Como eu gostava que Janko pudesse jogar na Liga Europa! Este resultado é mentiroso, profundamente mentiroso. Em suma, o FC
Porto sai da prova de cabeça erguida, porque apesar da pesada e injusta derrota mostrou aos ingleses que tinham de respeitar o Dragão. Eu gostei da atitude
da equipa, se eu estivesse no lugar de Vítor Pereira tinha apostado exactamente naqueles onze jogadores. Já sei que vão começar a haver críticas, talvez
por Kleber não ter entrado, mas também não sabemos, nunca saberemos, o que ia Vítor Pereira fazer caso não tivesse de substituir Otamendi. Além do mais
se Kleber entrasse as coisas poderiam não ser diferentes. Agora é centrar todos os esforços no campeonato, porque nem tudo pode ser assim tão mau esta
época.

PS 1 . Grande, grande apoio portista nas bancadas, um grande obrigado a todos os dragões que apoiaram a equipa até ao fim.

PS 2 . Também há artistas na arbitragem europeia…

Força FC Porto!

Cumprimentos

Ana Andrade

www.portistaacemporcento.blogspot.com
www.artigosonlineanaandrade.blogspot.com

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

caro Gaspar, caríssimas(os),

não acredito que haja um só portista feliz, hoje.
é verdade que o resultado peca por excesso - três golos sofridos nos quinze minutos finais e com menos um jogador em campo durante os noventa (Varela desde o início e até à sua substituição; Rolando pela inusitada expulsão).
mas ainda não me convenci desta eliminação ante uma equipa que considero estar ao nosso alcance - e com todas as vedetas que enriquecem o seu plantel e as £ibras que por lá se jorram.

por último e não menos importante, o meu sentido muito obrigado! à fantástica e entusiástica massa adepta deste enorme clube que é o FC Porto e que se fez sentir durante todo o encontro.
vocês foram inexcedíveis, car@go!

somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todos vós! ;)

Miguel | Tomo II

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Numa eliminatória, frente a uma equipa com potencialidades superiores, só uma réplica perfeita poderia alterar o rumo dos acontecimentos.

O FC Porto actual, demonstrou uma vez mais, não ter «estofo» para discutir a nível externo. Se não foi capaz de se qualificar na Champions, num Grupo em que era o favorito...

O jogo de Manchester mostrou uma equipa pouco solidária, que teve mais posse mas não a soube gerir. Caso para dizer muita parra e pouca uva.

Erros primários ditaram os números da eliminatória: 6-1! Humilhante.

Esta equipa é a imagem do seu treinador. Não consigo manter a confiança num elemento que tudo o que fez foi destruir o trabalho da época passada.

Não me conformo com domínio de jogo aparente. O FC Porto jogou o que o Manchester deixou. Este treinador não serve.

Um abraço

TelMiNhO disse...

Boas, alguem daqui gostaria de se juntar ao meu projecto que eu pretendo actualizar diariamente sobre o nosso grande amor o Porto ? *-*

Podiamos unir os dois blogs, formar apenas uma equipa! E cada um desempenhar a sua função ou trabalhar como um todo com um grande objectivo!

http://dragao.pt.to/

Gaspar Ribeiro Lança disse...

TelMiNhO,

Não tenho tempo para conseguir participar noutro projecto e, neste momento, não estou interessado em associar O Dragãozinho a um outro blog.

Agradeço a visita e espero que possa continuar a contar com a sua presença no espaço.

Gaspar Lança